Houve sempre um “mas” que o impediu…